segunda-feira, 18 de junho de 2012

O uso de músicas mais famosas em publicidade, no âmbito da música erudita

  video
video
video



O objetivo da publicidade é chamar a atenção do público para qualquer produto que está para ser lançado ou que já está no mercado, de forma que os consumidores o adquiram. O seguinte trabalho tem como estudo três publicidades, que têm como base músicas eruditas.
A primeira publicidade é sobre um computador touch e que tem como base uma parte do “Verão” das Quatro Estações de Vivaldi. Esta é uma das composições de Vivaldi mais conhecidas, mesmo por leigos, e que pelo ser caracter orquestral intenso demonstra confiança e liberdade. Confiança da compra do produto, como também a libertação dos computadores que não são portáteis, podendo levá-los para qualquer lado sem quaisquer problemas de manuseamento. (Ver em anexo 1º vídeo).
A segunda publicidade tem como produto um carro da marca Audi. A publicidade em si é muito caricata, tendo como base uma Toccata de Mozart muito aclamada, mas que está a ser tocada por garrafas de vidro com água. Paralelamente com a música, o carro vai andando a uma velocidade normal, e quando a música fica num andamento mais rápido, o carro também anda a uma velocidade maior, passando obstáculos quando os triolos acontecem, até que, chegando a um climax, o carro tem que parar porque tem uma pequena garrafa de vidro na estrada, terminando aí a sua viagem. Deste modo, o carro transmite uma segurança em casos de perigo, como também controlo absoluto, que por outro lado, é o que transmite a música de Mozart, uma série de obstáculos contornáveis, com partes mais técnicas e rápidas, que necessitam de estar seguras e outras mais serenas e relaxadas, que são mais confortáveis. (Ver em anexo 2º vídeo).
A terceira publicidade, e de longe a mais sensibilizadora tem como fundo o Cannon de Pachelbel. Esta é sobre o champô Pantene, mas tem uma história. Retrata a vida de uma menina surda que aprende violino e que vence todas as dificuldades, fazendo um concerto no final de tudo. Penso que o uso da música foi muito bem escolhido, pois o Cannon é uma das mais belas melodias que existem, e que ajudam a tocar no nosso lado mais profundo, conseguindo acompanhar a vida da jovem com alguma empatia. (Ver em anexo 3º vídeo).
Em conclusão, as músicas das publicidades são dificilmente escolhidas tendo em conta o conteúdo da publicidade, como também têm cuidado com as escolhas, pois as mais conhecidas chamam mais a atenção e transmitem afinidade, levando os consumidores a ficarem expectantes sobre o produto, indo talvez mais tarde a adquiri-los.

Trabalho Elaborado por:
Natália Machado – A66083
Licenciatura em Música

Sem comentários:

Enviar um comentário